Garmin é atacada por Hackers

Garmin disse esperar atrasos à medida que os serviços voltam a funcionar após uma paralisação de quatro dias devido ataques Hackers.

A Garmin, conhecida por seus smartwatches e wearables, confirmou na segunda-feira que foi vítima de um ataque cibernético que criptografou os sistemas da empresa fazendo com que seus aplicativos, site, suporte ao cliente e comunicações se offline na semana passada.

Alguns dos serviços de Garmin voltaram a funcionar na segunda-feira após uma paralisação de quatro dias. Outros serviços estão mostrando acesso “limitado” na página de statusda empresa, incluindo o Garmin Connect.

“Embora o Garmin Connect não seja acessível durante a paralisação, os dados de atividade e saúde e bem-estar coletados dos dispositivos Garmin durante a paralisação são armazenados no dispositivo e aparecerão no Garmin Connect assim que o usuário sincronizar seu dispositivo”, disse a empresa em uma seção de perguntas frequentemente feita.

A empresa de wearable disse na segunda-feira esperar alguns atrasos à medida que tudo se sincroniza.

Garmin disse que não tem “nenhuma indicação de que quaisquer dados de clientes, incluindo informações de pagamento da Garmin Pay, foram acessados, perdidos ou roubados” e espera que seus serviços voltem ao normal nos próximos dias.

A paralisação teria sido resultado de um ataque de ransomware que criptografou a rede interna e os sistemas de produção da empresa. Garmin havia desligado seus serviços para abordar as consequências do ataque,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.