Spotify atinge 130 milhões de assinantes na quarentena

A plataforma de streaming “Spotify” de música diz que ganhou seis milhões de assinantes no primeiro trimestre de 2020.

Ele disse que os números caíram na extremidade mais alta do que havia sido previsto antes do surto do coronavírus. Mas analistas alertaram que os resultados trimestrais do Spotify podem não ser tão positivos quanto a empresa sugere.

O Spotify falou tambem que um aumento de dois dígitos na receita trimestral ajudou a compensar um declínio nas vendas de anúncios, que contribuíram com menos de 10% de sua receita global.

“Apesar de toda a turbulência em todo o mundo, atingimos praticamente todas as métricas”, disse o executivo-chefe Daniel Ek à Reuters.

A plataforma começou a ver uma queda no número de usuários em fevereiro entre os países mais atingidos pelo vírus, incluindo Espanha e Itália, disse ele. Mas houve uma “recuperação significativa” no último mês.

A empresa disse que os usuários ativos mensais aumentaram 31% no trimestre. Mas o analista da Midia Research Mark Mulligan disse à BBC News: “Verificar um aplicativo uma vez por mês não é uso ativo.

“Portanto, usuários ativos diários e usuários ativos semanais são onde o escrutínio precisa ser aplicado.

“O Spotify diz que a proporção de usuários ativos diários em relação aos usuários ativos mensais foi ‘forte’ no trimestre.”

“No entanto, forte não significa subir – e o fato de ter sido relatado como superior a 12 meses atrás, mas sem nenhuma referência ao último trimestre sugere que ‘forte’ pode não ser um adjetivo útil aqui.”

Mulligan também observou que 28% dos consumidores nos EUA e 25% no Reino Unido estavam usando seu tempo habitual de escuta de deslocamento agora para outras atividades.

“Afinal, é possível ter fluxos em queda, mas uma base de usuários crescente, ou seja, mais pessoas se inscrevendo, mas usando menos o serviço”, acrescentou.

No mês passado, a Global, dona da Captial FM e da estação de conversação LBC, disse que a escuta de rádio online saltou 15% desde que o bloqueio do Reino Unido começou.

“Os números indicam que o público está voltando-se para o rádio em tempos de crise”, disse um porta-voz global na época.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.