Facebook adquire serviço de jogos em nuvem PlayGiga

O Facebook adquiriu a empresa espanhola de jogos em nuvem PlayGiga, que anteriormente oferecia seus serviços na Itália, Argentina, Chile e Espanha. A compra foi confirmada pelo Facebook à CNBC, após relatos da semana passada da Cinco Dias, que afirmavam que o acordo era iminente e avaliado em € 70 milhões (cerca de US $ 78 milhões).

Em um tweet confirmando a notícia, a conta oficial do Twitter no Facebook Gaming disse: “Estamos emocionados em receber o @PlayGigaOficial na equipe do Facebook Gaming. Por enquanto, recusaremos mais comentários. ”Uma mensagem no site da PlayGiga diz que a equipe está“ mudando para algo novo ”, mas confirmou que continuaria seu trabalho em jogos na nuvem.

A aquisição do Facebook ocorre quando o mercado de jogos em nuvem está crescendo, graças à entrada de alguns grandes novos players. No mês passado, o Google lançou seu serviço Stadia, enquanto a Microsoft está visualizando sua própria plataforma xCloud antes do lançamento oficial em 2020. Enquanto isso, a Sony possui um serviço de jogos em nuvem, o PlayStation Now, há alguns anos, mas recentemente caiu seu preço para US $ 9,99 por mês.

Comparado a esses gigantes, a PlayGiga é uma empresa de jogos em nuvem muito menor, mas antes da aquisição tinha planos de expandir. Além dos quatro mercados existentes, a Variety observa que estava planejando um lançamento no Oriente Médio e havia explorado a oferta de sua biblioteca de jogos com 300 jogadores na Suécia, Áustria, Holanda e Guatemala. Não há garantia de que o Facebook use a aquisição para lançar seu próprio serviço de jogos em nuvem, mas o relacionamento com os editores da PlayGiga e a tecnologia de streaming facilitariam muito mais o processo.

Os jogos têm sido um foco crescente para o Facebook nos últimos anos. Em março, a empresa adicionou uma seção “Jogos” à sua barra de navegação, que reuniu seu serviço de streaming semelhante ao Twitch, o Facebook Gaming, bem como sua coleção de Jogos Instantâneos baseados na Web. Ele também tem um grande interesse em jogos de realidade virtual desde a aquisição da Oculus em 2014, e no mês passado adquiriu a Beat Studios, a desenvolvedora por trás do Beat Saber. Recentemente, a empresa afirmou que mais de 700 milhões de usuários se envolvem com o conteúdo de jogos do Facebook todos os meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.